As operárias de Alcântara e as suas lutas antes e durante a I República

brochuras operarias alcantaraTrabalho de investigação: Maria Augusta Seixas

I - A indústria em Alcântara no final do sec XIX e primeira metade século XX

O terramoto de 1755 e a reconstrução da cidade fizeram de Alcântara um bairro singular. Por um lado, parte da população de Lisboa, depois do terramoto, fora empurrada para esta zona por ter sido a menos atingida.
Por outro lado como existiam no Vale importantes pedreiras de calcário, surgiram os fornos de cal, necessária para a reconstrução das casas.
Mais tarde, a industrialização propriamente dita, começou junto à Ribeira de Alcântara, afamada pelas suas águas, com as fábricas de curtumes e estamparias, estendendo-se depois para Santo Amaro e Calvário, até chegar à 24 de Julho e às docas, ganhas ao Tejo, já no séc. XIX.
Entre 1881 e 1890, o total de indústrias da zona empregava 3508 homens e 1299 mulheres.

pdfBrochura completa »»

Pesquisa Bibliográfica
Pesquisa Bibliográfica
+ info ...
Pesquisa Digital
Pesquisa Digital
+ info ...
Base de Dados em Estudos sobre as Mulheres
Base de Dados em Estudos sobre as Mulheres
+ info ...
Projecto Memória e Feminismos V
Projecto Memória e Feminismos V
+ info ...